26 de fev de 2015

Sobre viver em paz.

As vezes é preciso sumir do mapa, de pessoas negativas, da rotina, da comodidade, dos lugares de sempre.



Me permiti a isso. O ano começou e deixei tudo o que eu estava acostumada de lado. Minhas séries, meus filmes, meus livros, algumas pessoas e até o blog.
Deixei de lado coisas que amo, outras que eu amava, por um tempo para me reorganizar, para me ENCONTRAR.

Me encontrei e descobri o quanto é maravilhoso mudar completamente a rotina! Descobri o quanto o mundo é lindo lá fora e o quanto (ainda) existem pessoas de tirar o fôlego.

Descobri que coisas que eu achava serem essenciais para mim, não eram tanto assim.

Sou eternamente grata ao ano ter começado tão diferente, sou eternamente grata a mim por querer enxergar o mundo e a algumas pessoas que me ajudaram nisso, que não esquecerei jamais.

Nesse tempo joguei fora todos os sentimentos ruins, nesse tempo aprendi a dormir sorrindo sem pensar em nada, e acordar sorrindo ansiosa pelo que viria pela frente. As árvores me encantam muito mais do que antes, a chuva me trás uma paz inexplicável... e o céu? O céu que antes já era incrível, hoje é uma das coisas que mais admiro no mundo. Poderia passar horas o admirando.

Sinto uma vontade engraçada de abraçar o mundo, de viver intensamente cada momento, de fazer o que sinto vontade e de ver todas as pessoas que amo de uma só vez. Não só sinto vontade como tenho praticado esse sentimento.

É incrível como as coisas andam para frente quando fazemos uma faxina em nossa alma.

Viver em paz consigo mesmo é uma das melhores coisas da vida. Desejar o bem só nos faz bem, amar a vida nos trás uma felicidade inexplicável.

Depois de toda a limpeza, aqui estou eu, me sentindo ótima e pronta para voltar para minhas séries, meus filmes, meu blog. Me sinto bem também em deixar o que não preciso mais para trás. Dando um passo de cada vez para não tropeçar. Vivendo dia após dia como se fosse o último. Procurando (e encontrando) motivos para sorrir todos os dias.

Faça o mesmo, e acredite no quanto o mundo ainda abriga pessoas e lugares maravilhosos. Como diria um amigo, "Corra o risco, se der certo, felicidade, se não, sabedoria." ;)